segunda-feira, 11 de julho de 2011

Amor sem conflitos?:



por: Eugenia Ponce de León Álvarez

Um dos erros mais acentuados em homens e mulheres é que se costuma sonhar com um amor sem conflitos, sem problemas. Isto se deve em parte ao impacto cultural que invadem os filmes e as novelas, que recaem na ingenuidade, o pouco conhecimento real do mundo e possivelmente outros fatores de peso, mas que em conjunto constroem então uma imagem do ideal do amor, que na realidade não existe.

Esta imagem, com a experiência nos relacionamentos, tarde ou cedo se rompe, deixando um cúmulo de decepções, desilusões e que ironicamente os que sonham com amores perfeitos, acostumam viver amores muito imperfeitos e é que a realidade é que não existem os relacionamentos humanos sem conflitos, talvez só aquela pessoa que fique à margem do amor, com uma espécie de linha invisível que não cruza e que o mantém estático, sem conflito, mas também sem amor. Todos os seres humanos formamos parte de uma história pessoal com diversas experiências, algumas boas e outras não tanto. A sua vez todos temos rasgos de caráter distintos, aptidões, defeitos, virtudes, capacidades, etc. Tudo o mencionado anteriormente influi nos relacionamentos com os outros, com nós mesmos, tomando en consideração que a outra pessoa traz outra história, em poucas palavras, outro mundo muito distinto ao nosso, daí o complexo dos relacionamentos, assim que não é na verdade muito ingênuo pensar que algum dia poderemos ter amor sem conflito. Um dia um autor formulou o seguinte, referindo-se a um relacionamento de casal com idéias e pensamentos distintos e que a pesar disto não desaparecem as diferenças de opinião, nem os desacordos: “Discutiram e assim experimentaram uma vez mais, que se pertenciam o um ao outro” Claro que estamos falando de uma discussão onde não se busca ferir ao outro e onde há uma vontade de compreensão e desejo de compromisso construtivo. É aqui justamente onde se demonstra o esforço para encontrar sempre um caminho em direção ao outro. Amar não é descansar um junto ao outro, amar é uma luta e uma superação dos conflitos, para conseguir a unidade que deve se conquistar cada dia.

Ratter.J (1966) Psicologia e Psicopatologia da vida amorosa. Espanha, século XXI

Fonte: http://www.almas.com.mx/br/index.php?id=5171

2 comentários:

soldados catolicos disse...

SALVE MARIA

Quero convida você meu irmão a participar do blog soldados católicos que foi fundando com o objetivos de reunir todos os sites e blogs católicos em um lugar só . E procurar sites e blogs católicos bons que não são conhecidos.
Se você se escreve as sua postagem sera divulgada por Email e pelo o Facebook e muitas pessoas poderão se interessa em ver o seu blog e assim a evangelização que já acontese seria mas divulgada esse é o objetivo do blog soldados católicos se tive interessado esconha uma categoria para o seu blog e envie um email ou um cometário esse é o link do blog.


http://ossoldadoscatolicos.blogspot.com/

e-mail para contato: soldadoscatolicos2@hotmail.com

PAZ E BEM

soldados catolicos disse...

SALVE MARIA

Quero convida você meu irmão a participar do blog soldados católicos que foi fundando com o objetivos de reunir todos os sites e blogs católicos em um lugar só . E procurar sites e blogs católicos bons que não são conhecidos.
Se você se escreve as sua postagem sera divulgada por Email e pelo o Facebook e muitas pessoas poderão se interessa em ver o seu blog e assim a evangelização que já acontese seria mas divulgada esse é o objetivo do blog soldados católicos se tive interessado esconha uma categoria para o seu blog e envie um email ou um cometário esse é o link do blog.


http://ossoldadoscatolicos.blogspot.com/

e-mail para contato: soldadoscatolicos2@hotmail.com

PAZ E BEM